Insights

Benchmarking: você não pode deixar de espiar seu concorrente

duas linhas indo para a mesma direção e uma superior, representando o trajeto das empresas
Compartilhe:

A prática de benchmarking consiste na comparação entre as marcas

Se a grama do vizinho é mais verde ou não, isso você só vai saber se der uma espiada. E se ela estiver melhor mesmo, busque saber o porquê. A nível corporativo, essa é a prática do benchmarking.

O termo vem da palavra inglesa benchmark, que significa “referência”. Assim, pode-se entender o processo como uma análise de outras empresas que podem ser utilizadas pela sua.
Essa avaliação normalmente acontece com organizações do mesmo setor, mas podem se estender a instituições de mesmo porte posicionadas em segmentos diferentes ou mesmo empresas que apenas compartilham dos mesmos propósitos, por exemplo.

 

Conheça mais trabalhos da Platz

 

Essa rotina, aliás, não deve ser considerada um exercício pontual, deve se tornar parte integral do processo de melhoria contínua para ser efeito e permitir que a corporação esteja sempre à frente com as melhores práticas e tendências de mercado.
Espiar seu trabalho, entender como eles aplicam suas estratégias, como criam, vendem e se relacionam pode ser uma inspiração para melhorar todas essas práticas de sua empresa, e isso é algo natural no mundo corporativo. Cuidado: o benchmarking apenas busca mais conhecimento e inspirações, a ideia não é copiar nenhum processo, até porque o foco excessivo na concorrência pode fazer com que sua empresa perca sua própria identidade.

 

Análises

Dessa forma, para fazer uma análise bem-sucedida, entram em jogo as fases da interpretação, avaliação e mensuração das informações coletadas. Nesses níveis, pode-se aplicar uma sequência de seis passos:
1. Compreender os processos e práticas internos;
2. Determinar o tipo de benchmarking utilizado (são três tipos que serão apresentados logo abaixo);
3. Escolher as empresas que serão comparadas e avaliadas;
4. Iniciar as comparações e encontrar as lacunas de desempenho;
5. Determinar as metas de melhoria e estipular prazo para realizá-las;
6. Implementar as melhorias determinadas.

O uso correto desses elementos traz benefícios como:
• Identificar áreas que precisam de mudanças e melhorias;
• Descobrir práticas de sucesso de concorrentes diretas ou indiretas;
• Identificar novas tendências e investir na capacidade de inovar;
• Levar rotinas de mercado que otimizem a produção;
• Melhorar a comunicação empresarial;
• Criar planos para desenvolvimento de novas estratégias;
• Reduzir os erros e, consequentemente, os custos.

 

Conheça e entenda os quatro tipos de benchmarking

✔ Benchmarking competitivo
É usado para avaliar e comparar a organização como um todo. É realizado a partir do mercado em que a empresa opera e como ela atua. Avalia desde os processos internos até a satisfação do consumidor final do produto.
Utiliza alguns métodos de praxe, desde os mais simples, como pesquisas informais, até as mais avançadas, com a ajuda de consultoria externa que avalia resultados competitivos do mercado, e o uso de métodos como o “cliente oculto”.

✔ Benchmarking genérico ou corporativo
Neste caso, analisa os processos de fluxo dentro de uma organização. É comum no setor de tecnologia e trabalha com “empresas parceiras, que fazem análises de áreas semelhantes e podem aprender em conjunto sobre determinados temas. Essas ações colaboram para um maior autoconhecimento de seus processos.

✔ Benchmarking funcional
Também analisa os processos internos de uma organização, como acontece no genérico, mas serve para trocar informações acerca de uma atividade bem definida, como a distribuição de um produto, o faturamento, a venda ou a embalagem. Como toda empresa se destaca pela eficiência em um determinado setor ou processo, eles podem servir de referência para outras áreas do negócio.

✔ Benchmarking interno
Esse é o tipo de benchmarking mais utilizado no mercado. E ele que busca as melhores práticas dentro da própria organização, mas em unidades diferentes ou em outros departamentos, por exemplo. É responsável por encontrar mais vantagens, facilidades para conseguir parcerias, menores custos e maior valor. É bastante utilizado por organizações que possuem filiais ou franquias.

Compartilhe:

Talvez você também queira ver:

Contato

Entre em contato e agende uma apresentação

INDAIATUBA/SP

Rua Sebastião Nicolau, 142 - Vila N. Sra. Aparecida | CEP 13.330-570

19 3312-1877 | 19 3312-1878

SÃO PAULO/SP

Av. Eng. Luis Carlos Berrini, 1140, 7º andar, conj.72 | CEP 04.571-000

11 4280-9654

TRABALHE CONOSCO

Gostaria de trabalhar conosco? Cadastre suas informações no nosso banco de talentos!